junho 11, 2007

Na senda do Pinóquio

Pinóquio IV


Já muito se escreveu sobre ( Pinóquio I ), ( Pinóquio II ) e ( Pinóquio III ),nome fictício dado ao aluno, que se vai arrastando na escola sem regra nem lei.

Já várias medidas foram tomadas para que pinóquio se sentisse bem enquanto está na escola e a cumprir a escolaridade obrigatória. Foi-lhe arranjado através de uma parceria entre a escola e uma empresa um estágio numa oficina de conserto de motos e bicicletas, para que ele aprendesse algo que lhe fosse útil e até com condições de ingressar nessa oficina, assim ele gostasse do que fazia e trabalhasse para isso. Poucos dias aguentaram com ele, foi expulso! Porque pinóquio não tem regras e não aceita que lhas imponham de acordo com as normas da sociedade. Tem que viver à margem da lei e faz menção disso. A escola tentou as estratégias educativas possíveis, de acordo com a protecção de menores, a psicóloga, a GNR, a sua tutora, o Director de Turma e outras medidas também foram aplicadas para correcção das atitudes do pinóquio, não surtiram efeito e está cada vez pior.

Todos os dias o Director de Turma (está a ficar sem cabelo de tanto se arreliar), recebe queixas do mau comportamento do Pinóquio e depois de as enviar e avisar todas as instituições já não sabe o que fazer. Pinóquio contínua na mesma, rouba os colegas, rouba tudo que vê à sua volta e já ninguém consegue estar descansado sem estar com quatro-olhos abertos. A GNR está sempre a ser chamada mas pinóquio não a teme, porque sabe que nada lhe fazem enquanto for de menor idade. Dão-me umas palavrinhas e ameaçam-me só que eu já não os ouço..” entra por um lado e sai pelo outro”, diz ele.

Os colegas andam aterrorizados porque Pinóquio alem de roubar é violento e ameaça até com “navalha” se não lhe dão o que pede. As várias instituições parecem já se ter descartado dele e só a escola é que o vai mantendo por ali à custa do sacrifício dos outros colegas. Já se ouvem muitas queixas de pais e os colegas da sua actual turma vão dizendo que não querem que ele fique no próximo ano lectivo na mesma turma, porque não querem ser mais prejudicados nas aulas devido ao seu comportamento que prejudica gravemente as mesmas.

Mais grave ainda é que pinóquio também tem os seus seguidores e os mais novos vêem no pinóquio um aluno que não teme ninguém, nem professores nem funcionários e até goza com eles, vai às aulas quando quer, fuma em todos os cantos e ai de quem lhe chame à atenção. Imagine-se que ainda hoje (dia 17) foi ao Conselho Executivo exigir que lhe dessem o maço de tabaco que o auxiliar lhe tinha tirado.

Mas não se pense que o terror é só a nível de alunos. Os professores que o têm nas suas aulas também sofrem com o seu mau comportamento. Como ninguém quer saber do caso e o que interessa (para ME) é que ele continue nas aulas mesmo prejudicando gravemente as aprendizagens dos outros alunos, os professores para que ele não perturbe as aulas, tiveram que se desenrascar, a pedagogia não cabe nestes casos, e vão-lhe oferecendo umas coisas para ele se manter calado. Há quem lhe dê dinheiro por aula, outros oferecem-lhe o seu próprio computador nas aulas para ele estar a jogar ou ouvir música, outros dão-lhe umas sapatilhas com a promessa de ele melhorar as suas atitudes, e outros casos que cada um arranjou para que pudesse exercer a sua actividade profissional.

Vai assim o ensino enquanto os pinóquios não tiverem que ser responsabilizados por aquilo que fazem.

Do Arte por um Canudo 2

1 comentário:

Sulista disse...

Viva Arte!

Vejo que tb está de férias...dos trabalhos da Escola...mas dos Pinóquios não...sei mt bem do que está a falar...e vconcordo absolutamente que estes e os pais destes deveriam ser rsponsabilizados!!!

Um abraço e até breve, â Reentré das aulas...Por falar nisso, sabe que aquele Blog da escola António Arroio, onde deixou um comentário muito simpático no último post, é meu? Ehehehehe...

http://aa-prof-mjlopes.blogspot.com/

Mais outro Abraço ;-)