abril 05, 2005

AVISO IMPORTANTE !!!

Cuidado com os ucranianos que estão nos sinais em Braga, Porto, Coimbra, Lisboa, etc. ? Máfias de Leste

Há dias 10 indivíduos deram um concerto de Musica sinfónica em apoio aos emigrantes de leste no teatro Gil Vicente em Coimbra. Depois de se apagarem as luzes para se dar inicio ao concerto, um deles sacou de uma metralhadora, enquanto os outros faziam a colecta dos bens e dinheiro transportado pelos espectadores. Acabado o trabalho, fugiram pelos bastidores.
Alertadas as autoridades, qual não foi o espanto ao saber-se que este grupo tem dado concertos semelhantes noutras cidades de província com o mesmo resultado. Aconteceu na semana passada na Av. Marechal Gomes da Costa no Porto em plena luz do dia. Seriam umas 15:30. Um sujeito ao parar nos semáforos foi abordado por um indivíduo de Leste, daqueles que costumam andar a tocar acordeão ou violino. O indivíduo tinha um ar simpático e abeirou-se dele a tocar o tal acordeão. Ele decidiu dar-lhe 50 cêntimos, abriu o vidro e quando lhe estendeu a mão com a moeda, o indivíduo puxou-a violentamente e apontou-lhe imediatamente uma faca ao pescoço e obrigou-o a dar o telemóvel e a carteira, pondo-se imediatamente em fuga. Nenhum dos condutores dos carros à volta se apercebeu ou fez qualquer coisa para o ajudar. A vítima dirigiu-se imediatamente a uma esquadra da polícia e contou o sucedido, onde, para espanto dele, foi informado de que já não era a primeira vez que isto acontecia, que já tinham cerca de 10 queixas de igual procedimento. Penso tratar-se de uma rede organizada que também opera em Lisboa, de pedintes profissionais. Se reparar bem, a maior parte deles nem sabe tocar devidamente o instrumento, servindo-se dele como método de abordagem para posteriormente assaltar o incauto condutor. Esta rede também se dedica ao tráfico de crianças e roubo de bebés. Em Espanha já houve algumas queixas que estes indivíduos de Leste roubaram bebés do banco traseiro dos carros. Enquanto um toca ao lado do condutor, um cúmplice vai por trás e rouba a criança, vendendo-as depois para pais que desejem adoptar noutros países. Passem este e-mail ao maior número de amigos e conhecidos e futuramente, tenham cuidado com estes indivíduos. Tranquem sempre as portas e fechem os vidros quando eles se aproximarem e desconfiem do aspecto simpático, pois normalmente são perigosos criminosos. Divulguem este e-mail o mais que puderem e ajudem-nos a combater esta praga, porque amanhã pode ser um de nós.

Tenente António Santos Alonso/ Comando Central da PSP Porto
enviado por mail
LS

23 comentários:

Anónimo disse...

É uma história velha e xenófoba.:/
Stela

Adryka disse...

Aqui em Braga ja há mais de um ano que n/ existem esses tais tocadores...por esse motivo acho essa situação a ser verdade incrível...Não tenho por habito dar esmolas na rua a pedintes, uma vez fui levada por uma senhora idosa, que se abeirou de mim com uma receita a dizer que não tinha dinheiro para comprar os medicamentos receitados, cheia de pena dela, dei-lhe na altura 500$00, qual n/ foi o meu espanto quando passados dias ela voltou com a conversa exatamente igual e com a mesma receita fiquei passada era Portuguesa ..Por essas e por outras do género n/ dou esmolas, porque o verdadeiro pobre n/ anda a pedir, e essa situação de pedintes é falsa pura e simplesmente eu n/ acredito nela.Por essa forma n/ serei levada e para além de que n/ é meu habito abrir os vidros nos semaferos, nem que seja para dar informações.

O Micróbio disse...

Estou com a Stela... esta história roça o xenofobismo. E a sua divulgação vai aumentar a desconfiança para com estas pessoas. Eu continuo a defender que são pessoas simpáticas, assim como o digo de todas as paessoas até prova em contrário. Não é por uma pessoa do alentejo matar outra que eu vou dizer que "todos" os alentejanos são assassinos.

yulunga disse...

Que me perdoem, mas fartei-me de rir com essa do concerto. Eu diria que é um concerto interactivo que na falta de coro, ou dinheiro para ter um, coloca o publico a dar uns grititos. Adryka já me sucedeu o mesmo. Parei por uns tempos e agora voltei ao mesmo. Esmolas? Quando estou neura desanco-os, quando estou bem disposta dou tudo. No comboio, habitualmente cheio de gente mal disposta, adoro ouvi-los e só não danço porque quase todos os homens dormem

Luis Silva disse...

Não estão então a querer dizer que a nossa policia é xenófoba, pois não

yulunga disse...

Micróbio, nem quero imaginar um alentejano a matar alguém. Seria uma leeeeenta tortura

Anónimo disse...

Lui Silva,
Estou a dizer que este texto roça a xenofobia porque generaliza. Dizer que a policia é xenófoba é outra generalização. Ora, sendo assim... porquê falar em generalidades?

Mas essa visão dos alentejanos matando leeeentamente já me fez rir, hoje. ehehe (as anedotas generalizam??)
Stela

Anónimo disse...

Bom dia.
Acabei de receber esse email dos músicos do Teatro Gil Vicente que sacam a metralhadora com o propósito de assaltar os espectadores e como achei estranho liguei para o Comando Central da PSP do Porto para perguntar da existência do Tenente António Santos Alonso. "Se esse senhor existe, não existe na PSP Porto." - foi o que o agente que me atendeu o telefone respondeu. Pois bem meus senhores... tirem as conclusões que quiserem, mas a conclusão imediata é que se trata de um email falso e que não é sequer divulgado pela PSP.

Anónimo disse...

E aquele que tocava acordeão, roubou o outro e fugiu deve ter deixado o instrumento para trás. Pois não estou a ver ninguém (nem mm uma pessoa de leste) a correr com um acordeão ao colo. Podiam ao menos ser mais cuidadosos com as aldrabices. Esta histório já circula na net há anos.

Anónimo disse...

Lisboetas e portugueses ... crédulos...

Pessoal, este mail anda por aí há que anos!!!!!!! A primeira vez que o recebi fiz uma análise aos termos (esta versão está já alterada e adaptada quanto à primeira que vi) mas tem vindo a manter dois dos erros:

Tenente António Santos Alonso
Comando Central da PSP Porto

São erros porquê?
1. A PSP não tem tenentes (já agora, alonso não vos soa a estranho... alonso é também, na gíria, bimbo, tanso, trengo, mocotó, otário, etc...)
2. Não há Comando Central da PSP (nem no Porto nem em lado nenhum)

Para além de tudo, fiz algumas perguntas.

Bons e santos, há-os em todos os povos, raças, credos e cores.
Maus também....
Lamento não poder contribuir para que este tipo de maus usos da net mas garanto que faço todos os possíveis: não repasso/reenvio nenhum mail deste tipo ou chain letter.

Fiquem bem

PS Caso alguma vez tenham tenham dúvidas, tentem questionar a PSP (www.psp.pt) ou a GNR (www.gnr.pt)

Luisa disse...

Pois eu estou em pleno acordo com o anónimo.
Esta é uma velha mensagem impregnada de sentimentos racistas e xenófobos que só serve para criar ou multiplicar esses mesmos sentimentos nos mais distraídos e ingénuos.
Cautela com estas conversas que soam a falso apelo para o sentido crítico de todos: Enquanto cidadãos não "engulam" tudo o que vos aparece pela frente. Usem o Vosso crivo!
Luisa

Anónimo disse...

E-mail falso da PSP incita à xenofobia
Criado por: Vítor M. em 18 de Julho de 2005 2 Comentários Uma mensagem contendo apelos xenófobos, assinada por um falso tenente da PSP, está a circular na internet.

Uma mensagem de correio electrónico contendo um apelo xenófobo está a circular na internet.
O e-mail relata vários crimes envolvendo cidadãos de leste e está assinado por um alegado tenente do Comando Central da PSP do Porto, António Santos Alonso.

«É falso», declarou uma fonte daquela força policial, que já recebeu várias queixas de indivíduos que receberam a mensagem. Segundo a subcomissária Amélia Moutinho o lugar de tenente «não se enquadra no quadro hierárquico da PSP», nem há registo de nenhum efectivo com aquele nome.
Intitulada «Máfias de Leste», a mensagem alerta para a existência de redes criminosas de imigrantes, que operam em diversas partes do país, e aproveita o nome de uma entidade de segurança para introduzir “medo” e “desconfiança” nos leitores, em relação aos imigrantes de leste.

O e-mail associa os indivíduos a assaltos em semáforos e ao tráfico de crianças, e relata um furto durante um concerto de apoio a imigrantes no teatro Gil Vicente (Coimbra), um espectáculo que, segundo os responsáveis daquela instituição, nunca se realizou.
De acordo com algumas fontes, a mesma mensagem já circulou há alguns anos atrás. Neste momento, não está em curso nenhuma investigação.

Anónimo disse...

Queria agradecer por haver alguém que se importa o suficiente para se dar ao trabalho de confirmar a veracidade do que por ai circula. Keep up the good job!

Renato Rodrigues disse...

Mal recebi esta mensagem no e-mail, vim averiguar e cheguei aqui, obviamente que esta estória do Teatro Gil Vicente é mentira e muito mais do que isso, isto é muito grave!! Isto cheira-me a nacionalistas e demais racistas e quem começou a mensagem e quem a transmite devia ser preso! Preso sim, leram bem, isto é racismo e visa provocar conflitos sociais, ainda por cima numa altura já de si conturbada!!

Anónimo disse...

Bom dia

Hoje, 4 de DEzembro de 2009, recebi esse mesmo mail. Aquela gente do Teatro Gil Vicente não aprende??!!!
Estão sempre a caír na história do concerto!!

Camionista disse...

Olá,

EU hoje, dia 7 de Janeiro de 2010, numa nova decada, decada do novo acordo ortográfico voltei a receber este email pela nesima vez; De salientar que circula um outro email com labradores e um outro a pedir dadores de sangue, de um tal Luís Carvalho que está a morrer vai para mais de 10 anos. Francamente, será que ao longo de todos estes anos as pessoas não se apercebem que já estão a rencaminhar o mesmo email há anos?? Pois isto chama-se spam, e serve, na maioria dos casos, para obter os email das pessoas e criar bases de dados. E o comuns internautas insistem em ignorar o que querem dizer as siglas "bcc" que figuram em "todos" os sistemas de correio electrónico. Para quem não sabe aqui fica a tradução: "Blind Carbon Copy" e serve para reencaminhar o email para inumeras pessoas sem que qualquer uma delas saiba os endereços das outras.

Abreijos a todos e cultivem-se!!

nuno disse...

Eu só vi esta mensagem hoje. Nunca ouvi falar disto em Coimbra (e em Coimbra sabe-se tudo). Não fosse a gravidade deste acto xenófobo e quase só era divertido imaginar o bando a assaltar uma plateia às escuras... LOL

Anónimo disse...

Sabe que textos deste tipo são excelentes materiais para se trabalhar em aulas de portugues? desvendar as pistas que o texto traz para nos apercebermos da veracidade ou nao. Quais sao "os furos" que o texto contem e porque. Que estratégias nos levam a percebermos esses furos? Para além, é claro, dos valores éticos (nesse caso, os não eticos) e um ótimo gancho para se trabalhar sobre o multiculturalismo:
"Divulguem este e-mail o mais que puderem e ajudem-nos a COMBATER ESTA PRAGA, porque amanhã pode ser um de nós."
Além de podermos contribuir para uma melhor capacidade de leitura de nossos alunos, textos como esse se tornam ainda um prato cheio para reflexoes sobre alguns valores que deveriam ser mais intrísecos em nossa sociedade.
Bjinhos e good nrgy a todos!!

luis disse...

Efectivamente já lí este mail há alguns nos atrás!
É curiosa a habilidade destes "imigras" em manusear um acordeão, ao mesmo tempo que empunham metralhadoras, e tudo isto às escuras!!.... quá quá
Ah, já percebi, um aponta a metrálha ao povo enquanto segura no realejo e os restantes nove (sim, porque eram 10!)apontam lanterninhas ao público enquanto lhes aliviam os fartos bolsos!!

Luís

Leonardo Oliveira disse...

Uma mensagem de correio electrónico contendo um apelo xenófobo está a circular na internet.
O e-mail relata vários crimes envolvendo cidadãos de leste e está assinado por um alegado tenente do Comando Central da PSP do Porto, António Santos Alonso.

«É falso», declarou uma fonte daquela força policial, que já recebeu várias queixas de indivíduos que receberam a mensagem. Segundo a subcomissária Amélia Moutinho o lugar de tenente «não se enquadra no quadro hierárquico da PSP», nem há registo de nenhum efectivo com aquele nome.
Intitulada «Máfias de Leste», a mensagem alerta para a existência de redes criminosas de imigrantes, que operam em diversas partes do país, e aproveita o nome de uma entidade de segurança para introduzir “medo” e “desconfiança” nos leitores, em relação aos imigrantes de leste.

O e-mail associa os indivíduos a assaltos em semáforos e ao tráfico de crianças, e relata um furto durante um concerto de apoio a imigrantes no teatro Gil Vicente (Coimbra), um espectáculo que, segundo os responsáveis daquela instituição, nunca se realizou.
De acordo com algumas fontes, a mesma mensagem já circulou há alguns anos atrás. Neste momento, não está em curso nenhuma investigação.

http://pplware.sapo.pt/informacao/seguranca/e-mail-falso-da-psp-incita-a-xenofobia/

Anónimo disse...

http://www.psp.pt/Pages/Noticias/MostraNoticia.aspx?NoticiasID=99

como se pode ver, não é xenofobia da polícia, e sim simplesmente de quem decidiu fazer-se passar por ela.

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis acheter
http://commandercialisfer.lo.gs/ vente cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis acquistare
http://preciocialisgenericoespana.net/ precio cialis

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra prix
http://prezzoviagraitalia.net/ viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra sin receta