março 04, 2005

Presidenciais aproximam-se!

Depois das eleições para a Assembleia da República, já se perfilam os possíveis candidatos à eleição para a Presidência da República e os nomes mais em voga são: Cavaco Silva e António Guterres.
Como se sabe estas eleições que têm sido um marco de referência da esquerda ao eleger Ramalho Eanes, Mário Soares e Jorge Sampaio, também têm sido o garante da constituição de 76, forte referencial do 25 de Abril e da nossa democracia e que também tem sido muito contestada por sectores da direita, vem trazer de novo a lume o debate sobre as relações entre a Assembleia e a Presidência da República.
Com o precedente criado pelo actual Presidente da República, Jorge Sampaio, ao dissolver a Assembleia, a direita ora derrotada veio trazer um dado novo para a vida politica do país, ao ameaçar que a dissolução da Assembleia da República pelo próximo presidente passará a ser uma prática aceitável.
Ora isto mostra que um Presidente da República que seja proveniente da direita – terá que ter forçosamente o apoio do PSD – acabará por ser pressionado por essa mesma direita e poderá cair na tentação de interromper a legislatura que vai agora iniciar-se. Por conseguinte, a candidatura de Cavaco Silva, pelo que se disse acabará por ser muito dificultada se apoiada pelo PSD, que já mostrou querer usar o tal precedente aplicado por Jorge Sampaio, mesmo que nada o justifique.
Finalmente, isto revela que o governo de José Sócrates só poderá ter condições para exercer o mandato para que foi eleito, se o próximo Presidente da República estiver em sintonia com a política social, agora sufragada nas urnas.

Ag

32 comentários:

DP disse...

Aqui está um deleites de discórdia...Ag

O Micróbio disse...

Estás a esquecer-te do freitas do Amaral que pode ser um bom "trunfo" da esquerda! E poderá contar até com os votos da CDU que já estão habituados a engolir "sapos" nas presidenciais!

Anónimo disse...

Pois Carlos,esse não estará esquecido para depois de alguns dizerem que não.Ag

O Micróbio disse...

E não te esqueças do Almeida Santos que agora pode finalmente concretizar o seu slogan de há 20 anos atrás: um governo, uma maioria, um presidente!

DP disse...

Ele já disse que a partir de agora ia pegar nas pantufas e deixava a politica (activa)para os mais novos.De qualquer forma,quem sabe?
Ag

yulunga disse...

Agostinho devemos ter muito cuidado com quem anda de pantufas

DP disse...

Lá estás tu Yulunga, com o teu humor refinado.Cuidado com eles..

yulunga disse...

Não tem nada a ver, mas por causa do silêncio das pantufas e do resultado das eleições, lembrei-me da maioria silenciosa

yulunga disse...

Não tem nada a ver, mas por causa do silêncio das pantufas e do resultado das eleições, lembrei-me da maioria silenciosa

yulunga disse...

Não tem nada a ver, mas por causa do silêncio das pantufas e do resultado das eleições, lembrei-me da maioria silenciosa

yulunga disse...

Não tem nada a ver, mas por causa do silêncio das pantufas e do resultado das eleições, lembrei-me da maioria silenciosa

yulunga disse...

Qual refinado? Marado mesmo! Quero é curtir e mainada

yulunga disse...

Acho que me repeti um pouco. Peço desculpa, mas dava-me erro

DP disse...

Quererás dizer "manada" ou é mesmo mainada.

yulunga disse...

Olha o meu Agostinho está brincalhão... :-) É mesmo mainada. Não me arrisco a brincar com o duplo sentido de manada, pois ela está em maioria e ainda me fila. Ficamos mesmo pelo mainada

yulunga disse...

Bem, bebemos uma laranjada e fazemos um brinde à paz enter militantes de extremos

DP disse...

Yulunga, mas como o sentido das palavras te leva a dizer aquilo que não queres dizer, mas acabas por dizer aquilo que não te atrevias a dizer e cito " Não me arrisco a brincar com o duplo sentido de manada, pois ela está em maioria e ainda me fila". A lingua é traiçoeira e então fora do contexto é demais.

yulunga disse...

Ai Agostinho, perdoa :-) Mas quando este cérebro entram em auto gestão, eu não tenho mão nele

yulunga disse...

Nunca nada está fora do contexto. Nunca ouviste a expressão "carneirada"? A vingança tarda, mas não falha.

O Micróbio disse...

Já estou a ver que a discussão sobre as presidenciais já passou para substantivos colectivos de animais... se calhar até está em conformidade com o tema!

yulunga disse...

Sinceramente entre Cavaco e Guterres, nem um nem outro. Cavaco é demasiadamente frio e calculista para o cargo (tinha dado o 1º ministro ideal nesta altura), Guterres acho que politicamente está acabado (pode ficar nos bastidores a dar umas dicas). Pode lá continuar o Sampaio.

Adryka disse...

Afinal para que serve um presidente da Republica ...na prática ainda gostava de saber para quê tanta mordomia dada a um homem que nada faz, é viagens é passeios é viver á grande á custa dos (par..), depois é uma reforma de bradar aos céus, mas por isso é que todos para lá querem ir...ele é presidente do parlamento ele é presidente da Pepublica das bananas desculpem de Portugal, ai que pais este para essas eleiçoes, não estou nem aí...

yulunga disse...

Adryka nem vou pelos ordenados, pois até acho que mereciam mais, apesar de tudo o cargo é de alguma responsabilidade e dá algumas dores de cabeça. Bons ordenados têm os futebolistas que vão à televisão e dizem: a minha senhora. Isto foi uma pequena nota (que não esqueço). Boa! Figo para Presidente!

O Micróbio disse...

Não deixem de visitar este site que achei curioso pq traz umas informações engraçadas sobre o Curriculum de José Sócrates. Afinal, quem é na verdade este José Sócrates? http://doportugalprofundo.blogspot.com/2005/02/os-cursos-de-scrates-actualizado.html

yulunga disse...

Eu não disse que ele ainda ìa meter o estatuto de estudante trabalhador? Não me dão ouvidos...

O Micróbio disse...

Afinal o Freitas sempre foi recompensado pela campanha que fez pelo Sócrates: Ministro dos Negócios Estrangeiros. O acordo foi cumprido!

O Micróbio disse...

E sendo assim já o retiro desta hipótese que eu tinha lançado num comentário anterior!

DP disse...

É verdade! Só chego por esta hora a casa depois do diálogo que tive com a Yulunga até perto das 14 horas.E o que vejo parece que o tema tem estado interessante que passo a recordar algumas passagens " carneirada",
" substantivos colectivos de animais... se calhar até está em conformidade com o tema!", "ele é presidente do parlamento ele é presidente da Republica das bananas desculpem de Portugal", "nem vou pelos ordenados, pois até acho que mereciam mais", "Afinal o Freitas sempre foi recompensado pela campanha que fez pelo Sócrates:". Pelos vistos uma eleição presidencial é pau para toda a obra e tema de conversa que vai durar até Janeiro.Já sei que fui mauzinho mas é para pôr a discussão na ordem do dia.Ag

Adryka disse...

Yulunga,a tua resposta não me satizfaz na minima...os jogadores de futebol são pagos por pessoas que seguem esse tipo de desporto, não são os contribuintes que lhes pagam, realmente é verdade que eles ganham fortunas mensalmente e n/ passam de uns incultos, mas quem lhes paga são as massas que os idolatram.Eu falo de um homem que e uma figura ou seja um figurante de um país que nada faz, ou seja não é importante como membro de um governo, porque tanto diz como se desdiz .

Anónimo disse...

Adryka, não estou nada de acordo contigo.O Presidente da República é a 1ª figura de um país com um regime republicano, se assim não fosse teriamos uma monarquia e a 1ª figura seria o Rei.O P.R. tem um papel muito importante na democracia portuguesa e é o garante das leis por que se rege a constituição do país.Ag

Anónimo disse...

O candidato do PS à presidência é A. Vitorino. Por isso ficou fora do governo. Ele fez o programa, e se ganhar, será ele a zelar pelo seu cumprimento.
manuel martins

DP disse...

O que dizes é de fonte segura Manuel? A. Vitorino para P.R.? Ag