janeiro 16, 2005

Esperanto, o que é?

Hoje trago-vos à discussão um pequeno texto de Miguel Boieiro sobre o Esperanto, esperando que seja o suficiente para vos despertar para esta forma de expressão que embora ainda pouco conhecida, é considerada por muitos como tendo um grande potencial para se transformar na linguagem internacional do futuro:
«O Esperanto é uma língua formada através das estruturas gramaticais e fonéticas dos principais grupos linguísticos nacionais. Contém um conjunto de regras muito simples e intuitivas, ao contrário do que acontece com outros idiomas. É, por isso, uma língua incomparavelmente mais fácil de aprender do que qualquer outra.
O Esperanto constitui um instrumento privilegiado para fomentar a comunicação e amizade entre cidadãos de diversas nacionalidades porque é uma língua neutra. Para além disso, é extremamente flexível e adaptável. A formação de novas palavras a partir de radicais próprios, é de uma facilidade surpreendente.
Quando definhar o actual império que faz com que o inglês seja considerado, hoje, a língua internacional, a Humanidade terá de encontrar uma língua que, sem diminuir os idiomas nacionais, se configure como língua de todos e não de nenhum povo em particular - a língua da amizade e não da dominação – o ESPERANTO.»
Para mais informações, consultem o site da
Associação Portuguesa de Esperanto. ET

2 comentários:

Montellano disse...

Muito interessante!

DP disse...

Concordo contigo ET.Devia de haver uma Lingua que não fosse património de um ou outro país, mas sim de todos.Ag.