janeiro 28, 2005

FREITAS DO AMARAL

O professor está igual a si próprio. Na minha modesta opinião, mantem o discurso centrista dos primeiros anos do CDS. Estão enganados os que lhe encontram desvios esquerdistas. O que acontece, isso sim, é que o discurso da "esquerda" que ele hoje defende, não é mais nem menos do que o discurso da direita que ele sempre defendeu.
Freitas não mudou. O PS é que deu uma grande cambalhota!
E disse.
JC

14 comentários:

O Micróbio disse...

Repito o comentário de ontem... Dizem que os anciãos são mais sábios, mas também os há que passam ao lado da fase da sabedoria e caminham directamente para a senilidade...

DP disse...

Eu concordo com o JC!Não foi o Freitas do Amaral que virou à esquerda mas sim o PS que está mais próximo da direita.Se alguém estiver recordado dos primeiros anos após a revolução de Abril,verá que houve uma mudança significativa no PS e no seu alinhamento.Portanto, Freitas do Amaral continua a ser coerente com a sua linha politica.Ag

Anónimo disse...

Se assim é, porque razão o Freitas apelou ao voto no PSD nas últimas eleições? Será o PS de hoje o PSD de ontem (de há dois anos)? Parece-me conveniência e não ideologia e por isso, naturalmente, incoerente.

DP disse...

Zé,O PSD que na altura de Abril de 74 era o PPD, situa-se na linha ainda mais à esquerda do que é o PS de hoje.O próprio CDS até se dizia de esquerda moderada.A linha do Freitas na minha opinião e não só continua a ser a mesma.Ag

Anónimo disse...

Pois é meu caro Agostinho. A memória das pessoas é que é muito curta. E, ja agora, o desconhecimento também. O CDS de 1976 era mais à esquerda do que o PS de hoje! Basta ler os estatutos do CDS antes da época Monteiro PP. Mas enfim...com os desvios do Freitas e do PS posso eu bem. Eu queria era um País!
abraço JC

Anónimo disse...

Eu falo do que aconteceu há dois anos e não há trinta, em contextos históricos bem diferentes. Se o "PSD que na altura de Abril de 74 era o PPD, situa-se na linha ainda mais à esquerda do que é o PS de hoje" eu não ponho em questão. Sinal dos tempos, e não estou com isto a ser irónico. Sinal dos tempos! A liderança de Emídio Guerreiro foi para o PPD/PSD (à revelia de um Sá Carneiro, na altura em convalescença) são a prova clara disso. Não percebo é a razão da frase depois do que eu referi. "O próprio CDS até se dizia de esquerda moderada." Nunca ouvi tal expressão, confesso. Não estou a ver o Adelino Amaro da Costa a autodenominar-se "de esquerda".
Se "o CDS de 1976 era mais à esquerda do que o PS de hoje!" é verdade, destino os mesmos comentários acima escritos. Quanto à "memória curta", nalguns tem variações em função da conveniência: repito, eu falei do Freitas apelar ao voto no PSD há dois anos atrás. Há um tempo bem curto e com ele a memória.

O Micróbio disse...

Zé, nem o Adelino Amaro da Costa nem o Basílio Horta... e que dirá o Adriano Moreira se lhe perguntarem hoje que o CDS era de esquerda moderada?

Anónimo disse...

Porque não perguntam antes ao Freitas do Amaral?Esse concerteza vos dará a resposta.Onde já se viu perguntar ao Adelino Amaro da Costa!Ag.

O Micróbio disse...

É claro que perguntar ao Adelino não posso... a não ser que vá à bruxa! Mas tb ninguém pediu isso, o que se pediu foi que se perguntasse ao Adriano Moreira...

O Micróbio disse...

O que o Freitas conseguiu com este artigo na Visão sabemos todos... um forte apoio para as Presidenciais! A cama está preparada!

DP disse...

O candidato preferido da maioria dos simpatizantes do PS já todos o sabem quem é: António Guterres.Se há outras camas ainda por fazer, não creio que seja o Freitas do Amaral a deitar-se numa delas.A ver vamos.
Ag

Anónimo disse...

Porque não perguntas antes ao Freitas do Amaral? Esse concerteza te dará a resposta, Agostinho.

DP disse...

Zé, essa pergunta tem direitos de autor!Já te foi feita a ti neste mesmo post.Ag

Anónimo disse...

Acho que entendes a ironia...