dezembro 18, 2004

Inovações!

Despedida de solteiro/a é o mais comum e acontece quando alguém está para casar e faz uma festa de despedida com os amigos. Despedida de casados é que é uma inovação! Não haja dúvida que Santana Lopes e Paulo Portas não nos param de surpreender, depois do filhote na incubadora, a separação e depois das eleições o casamento novamente. Isto com mais uma inovação que é, mesmo não sendo o partido mais votado nas eleições o PSD de Santana Lopes vai pressionar o Presidente da República para formar governo junto com o PP de Paulo Portas.
Nunca tal se ouviu e também não creio que o Presidente da República caia na asneira, já que tem sido ao longo dos anos de país democrático que o partido convidado pelo Presidente da República para formar governo é e sempre foi o partido mais votado.
Por isso ou Santana Lopes e Paulo Portas acreditam num milagre ou então vão apresentar outra inovação!

Ficamos à espera do que nos trazem os ventos…
Ag

7 comentários:

Anónimo disse...

Tens razão só se for outra inovação ou algum coelho que saia da cartola.Mas eles sabem-nas fazer...Pedro A.

Luis Silva disse...

Conheço alguns casais que se divorciaram e mais tarde voltaram á vida em conjunto, alguns dos quais vivem hoje uma vida feliz como nunca antes o viveram, por isso se a inovação vier para gerar frutos positivos ao país, então que venha ela...

Anónimo disse...

Até agora Luis, foi árvore que não deu fruto!
Ag

Anónimo disse...

Já chega de inovações!Estamos cheios de fazer que fazem alguma coisa e cada vez mais nos afundamos na crise.O politico tem que ser sério e fazer mais pelos assuntos do estado.Será que não entendemos que esta união não deu nada.Deixemo-nos de falsas ilusões.Tó

O Micróbio disse...

Seria sem dúvida uma inovação... mas duvido que o Sampaio (tal como diz o Ag no post) o faça... além do mais, nós neste país sempre fomos muito avessos a inovações!

M.C. disse...

daquelas duas cabecinhas cheias sabe-se lá de quê (talvez de ar) pode-se esperar de tudo

DP disse...

Como disse no post, deste casamento já não espero nada.Ag